POLICIA MILITAR DE IPATINGA APREENDE 2,5KG DE MACONHA


IPATINGA – Na manhã desta quarta-feira (29), em dois patrulhamentos realizados através de denúncias, um no bairro Bethânia e outro no Centro, a polícia apreendeu drogas, balanças de precisão, celulares e mais de mil reais em cédulas que seriam provenientes da atividade ilícita. Entre os envolvidos foram presos um homem de 41 anos, uma mulher de 21 e duas menores.
Na primeira apreensão, que ocorreu por volta das 7h da manhã, a polícia se dirigiu até a rua Nossa Senhora das Graças, no centro, região da ‘Cracolândia’. O local ainda é conhecido por intensa movimentação do tráfico de drogas.
Ao chegar à via, os militares avistaram Edválcio Reis, de 41 anos. Ele seria um olheiro dos traficantes, ficando em pontos estratégicos observando o movimento da rua e avisando caso alguma viatura da polícia se aproxime dos locais onde as drogas estão escondidas. Quando Edvaldo saiu de dentro de sua residência, ele foi abordado. Ao entrar na casa, a polícia encontrou o dinheiro, os celulares e as drogas. Dentro da residência também estavam a jovem Ariane Santos, 21 anos, e outras duas menores, uma de 16 e a outra de 17 anos. Um delas seria companheira da jovem Ariadne, recentemente assassinada no bairro Planalto.
A maior Ariane disse não ser dona das drogas e nem morar na residência onde elas foram encontradas. “Eu cheguei lá por acaso. Saí fugindo da minha casa, porque uns caras apareceram lá querendo me matar e acabei chegando nessa casa onde havia a droga. Mas nada ali é meu”, alegou, desesperada. Apesar de negar envolvimento com o tráfico, ela já tem passagens pela polícia.
De acordo com cabo Antônio Marcos, as menores são comumente vistas envolvidas com a venda de entorpecentes. “Elas são adolescentes usadas por maiores para levarem a culpa pelos crimes. Nós tentamos orientá-los a sair do mundo do crime, mas não adianta. Esses jovens continuam desafiando a lei e vivendo do tráfico”, declarou o cabo.
A outra apreensão da polícia também foi realizada na manhã desta quarta-feira (29), na rua do Rosário, próximo à escadaria, bairro Bethânia.
De acordo com os militares, na terça-feira (28), através de denúncias uma mulher foi presa por tráfico de drogas. Junto com ela a polícia apreendeu uma pequena quantidade de entorpecentes, e também identificou uma motocicleta, fruto de roubo. Porém não souberam dizer se a mulher seria a ladra do veículo.
No final da noite de terça, a denúncia foi refeita. Porém foi informado que havia drogas escondidas próximo ao local onde a moto teria sido abandonada.
A polícia se dirigiu à área apontada e debaixo de uma árvore encontrou o baú de uma moto, com balanças de precisão, 160g de cocaína e cerca de 2,5 kg de maconha.
O cabo Marko Antônio informou que a polícia ainda não sabe se a mulher é a dona das drogas. “Quando a prendemos ontem (terça) ela assumiu que era traficante e usuária, algo que ninguém faz. Agora iremos investigar para saber se ela é ou não a dona do material”, apontou.
O cabo informou que o local onde a droga foi encontrada é uma área de forte atuação de traficantes e comumente abordada pela polícia.
 
 
JVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!