Moradores do Planalto em Ipatinga entram em confronto com a Polícia Militar

Após a prisão de fugitivo, populares ateam fogo em caixotes e impedem a passagem da Polícia Militar; pouco antes, bairro registrou tiroteio que terminou com um baleado

Mais de 20 viaturas foram deslocadas para o bairro na noite desta terça-feira; policiais do GATE e até mesmo o comandante do Batalhão compareceram ao local         (Crédito: Maria Fernanda Rodrigues)
IPATINGA – Tiroteio, perseguição, protesto, um baleado e um homem preso. Este foi o saldo deixado depois de um tumulto entre a Polícia Militar e moradores do bairro Planalto ocorrido na noite da última terça-feira (5). A confusão começou por volta de 22h30, quando a PM foi chamada na rua Quatro, após um tiroteio.

Testemunhas contaram que quatro indivíduos encapuzados, em um Corsa prata, chegaram em alta velocidade e efetuaram vários disparos a esmo. Um dos tiros acabou acertando o pé esquerdo do morador V.C.L., 50 anos, que foi socorrido no local pelo Corpo de Bombeiros e depois levado para o Hospital Márcio Cunha, onde ficou sob cuidados médicos.

Ninguém soube informar para a polícia a placa do veículo e em qual direção os atiradores fugiram. Segundo a PM, a vítima V. não possui passagens por nenhum crime e aparentemente não teria motivos para ser vítima de atentado. Até a noite de ontem, ainda não se tinha notícias sobre a identificação dos suspeitos e a localização do veículo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!